Plano psicoterapêutico à sua medida

JA EMDR 2
WhatsApp Image 2020-02-14 at 10.13.39
Jc Neuropsi

Na PSICOVIAS elaboramos um plano de "tratamento" desenhado em conjunto consigo e à sua medida. É de facto um plano que tem em conta as suas idiossincrasias, mas que poderá assentar em algumas premissas muito importantes:

Os seus sintomas poderão ter origem no seu passado

Sim, esses seus sintomas, muito provavelmente, têm origem lá atrás, na sua juventude, adolescência ou infância… Pode chamar-lhe traumas ou apenas episódios menos bons da sua vida.

Você tem recursos internos que “curam”

Sim, você pode superar o que pretende superar, porque tem recursos internos que pode ativar. Ou seja, tem a solução dentro de si, tem essa capacidade, no seu interior mais profundo, para resolver os seus problemas, as suas temáticas mais difíceis…

Pode ativar os seus recursos internos através de determinadas técnicas

Para ativar os seus recursos internos vai ser, certamente, necessário fazer exercícios aos quais se dão vários nomes: relaxamento corporal, mental, meditação guiada, hipnose, mindfulness… Estas técnicas, validadas cientificamente, vão-lhe permitir aceder, assim, a um estado em que vai comunicar melhor com a sua mente subconsciente e isso vai-lhe proporcionar novas aprendizagens mais profundas.

Sim, há evidências científicas

De facto, a Neurociência comprova-o, o nosso cérebro tem neuroplasticidade. Sim, as imagens digitais realizadas com a tecnologia mais atual mostram isso mesmo, que se estabelecem novas conexões cerebrais que levam a novas emoções, a novos pensamentos mais adaptativos. Há, de facto, evidência científica de tal.

Só você é que poderá fazer a "mudança"

E será você a poder fazer a mudança, com certeza. Nós, vamos estar consigo para que se foque no seu interior, somos, pois, os “facilitadores”. Sim, é você é que faz todo o trabalho, porque o “problema” está dentro, não está fora. Portanto, ninguém pode fazer o trabalho por si. Você não pode mudar os outros, não é? Você, sim, pode mudar, e isso realmente depende de si.

Está disposto a estabelecer um plano psicoterapêutico?

Nós estabeleceremos, portanto, consigo um "plano de tratamento" que é como que um contrato. Ora, vai ser muito importante que se comprometa a iniciar e a concluir o "tratamento".

Está mesmo disposto a isso?

Tenha em conta que sentir-se melhor não significa que o "tratamento" tenha sido concluído. Sim, pode haver sucessos e pode haver recaídas. Mas as recaídas não são fracassos. Podem, sim, ser reclassificadas, deixarem de ser fracassos, e passarem a ser novos alvos a serem abordados nas sessões seguintes.

Temos uma abordagem eclética!

Nós estaremos cá, pois, com uma abordagem psicológica integrativa, que poderá envolver, nomeadamente, técnicas cognitivas, comportamentais, hipnose, EMDR...

Você é que é importante, não nós…

Sim, será você o centro de ação, será você a "controlar", será você que vai fazer a "mudança", ao seu ritmo. Você vai mudar o que quiser mudar. Você sabe o quê e o quanto quer mudar…

Faz-lhe sentido?

Em suma: no “tratamento” que irá fazer poderá abordar o seu passado, o seu presente e o seu futuro. Vai poder fazer modificações cognitivas, modificando, por exemplo, pensamentos erróneos e distorcidos, alterar aspetos emocionais e comportamentais. E vai fazê-lo através da exploração de recursos que estão dentro de si.

Sim, você tem esses recursos!

Marque aqui a sua consulta

× Marque consulta por WhatsApp aqui!