Pensamentos ruminantes como tratar

Pensamentos ruminantes como tratar, pensamentos negativos, falsos, erróneos… O que são e como os diminuir? Temos respostas…

Antes de mais, saber o que são: os pensamentos ruminantes são aqueles que persistem por mais tempo do que deveriam. Geralmente, são negativos e estão fortemente vinculados ao medo. E possuem características obsessivas.

Imagine-se preso num ciclo de reflexão constante. A sua mente repete incansavelmente os mesmos temas, sem permitir que você se liberte. Essa ruminação mental pode ser um verdadeiro desafio para a qualidade da sua vida. É isso?

Há imensos exemplos

Eu só faço escolhas erradas, Sou influenciado negativamente, Eu só inspiro nervosismo e ansiedade. Só recebo sofrimento diariamente. Eu só tenho insucessos em todas as coisas em que me meto. Só tenho pessoas horrorosas ao meu redor. Eu sou péssimo.

Os nossos pacientes, em terapia, realmente trazem muitos pensamentos deste tipo. E trazem outros:

Eu sou a falta de criatividade em pessoa. Sou burro. Eu sou culpado de tudo. Sou descontrolado. Eu sou feio. Sou um fraco. Eu sou muito imperfeito. Sou incapaz de conquistar seja o que for

Pensamentos ruminantes como tratar: O Ciclo de Pensamentos Negativos

A ruminação mental é o processo que envolve, pois, os pensamentos ruminantes. Caracteriza-se por se ficar a pensar e a repensar sobre um assunto específico várias vezes. E isso vai causar muita ansiedade e stress.

Estes pensamentos, realmente, não nos deixam em paz. E lá vem a angústia avassaladora. A ruminação, de facto, bloqueia-nos no passado ou num futuro negativo. E isso vai impedir-nos de estarmos plenamente no momento presente, em mindfulness.

Em consulta, são relatados inúmeras cognições mais negativas

Sim, muitas mesmos, vejamos:

Eu sou incapaz de ser feliz. Sou incompleto. Eu sou completamente infeliz. Estou sempre invadido pela intranquilidade. Eu sou pouco inteligente. Sou só tristeza. Sou completamente triste. Eu sou um canal de energia destrutiva.

Muitos destes pensamentos foram mesmo trabalhados, na realidade, nas nossas consultas de EMDR:

Eu sou um estorvo para o mundo e para toda a gente. Sou uma pessoa desprezível. Eu sou uma pessoa doente. Sou uma pessoa muito fraca. Eu tenho o mal que mereço. Só tenho azar. Eu tenho mais ideias destrutivas a cada dia que passa. Vivo infeliz. Eu vivo cada experiência como uma coisa má.

Pensamentos ruminantes como tratar, são infindáveis

São, de facto. Continuemos a listá-los:

Eu vivo negativamente. Estou a sofrer as consequências das minhas ações. Não há soluções. Impossível acontecerem coisas boas no meu futuro próximo. Não é possível ter um dia bom. Tentar não vale a pena.

Muitos ligados à depressão ou a outras perturbações:

Ninguém se interessa por mim. Não vale a pena viver. Ninguém gosta de mim! Nenhum comportamento é bom. Ninguém me ama.

Pensamentos ruminantes como tratar na Perturbação Obsessivo Compulsiva (POC)

Os pensamentos ruminantes estão, de facto, intimamente relacionados com a Perturbação Obsessivo Compulsiva. A POC está associada ao perfeccionismo, à ideia de que “as coisas precisam ser como imaginamos”.

Ora, quando as circunstâncias não correspondem às nossas expectativas, os pensamentos obsessivos entram em cena. Para os ruminadores, isto torna-se num ciclo vicioso: “Se as coisas não estão como deveriam, vou pensar incessantemente até encontrar uma solução perfeita”.

Pensamentos ruminantes como tratar, há mais exemplos

Nenhum dos meus desejos se realizam. Ninguém me pode valer. Nenhum sentimento meu é positivo. Ninguém é meu amigo. O dinheiro não me dá para nada. Ninguém me pode ajudar. O dinheiro que gasto não me dá nada de volta. O meu coração está negro. O meu corpo está cada vez menos saudável. O meu coração só irradia ódio e conflito. O meu trabalho é o pior trabalho do mundo.

Outros estão relacionados com dinheiro, com a família, com a saúde:

O sucesso financeiro é uma realidade que não é para mim. Para mim nada vale a pena. A minha família é ausente. Para mim, a minha família é desunida. A mente não tem nenhum poder sobre a saúde. Quanto mais luto pior. Detesto as pessoas, detesto o mundo. Quanto mais me detesto, mais me detesto. Tudo está mal na minha vida. Tudo está mal no meu coração. Tudo está mal no meu mundo.

A importância de se procurar ajuda profissional

Se você se identifica com os pensamentos ruminantes, saiba que não está sozinho. Todos nós temos momentos de ruminação. No entanto, é crucial avaliar quanto tempo perdemos com esses pensamentos repetitivos e quanta angústia eles nos causam.

Se a ruminação afeta significativamente a sua vida, buscar ajuda de um psicólogo credenciado ou de psicoterapeuta é fundamental.

Saiba mais….

Psicólogo: Profissional especializado em avaliar, diagnosticar e tratar questões emocionais e comportamentais. Alguém que ajuda a identificar padrões de pensamento disfuncionais e que oferece estratégias para lidar com eles.

Psicoterapeuta: Especialista em terapia psicológica, que utiliza abordagens como o EMDR ou a terapia cognitivo-comportamental (TCC) para se trabalhar com pensamentos negativos e promover mudanças positivas.

Pensamentos ruminantes como tratar – Identifica-se com algumas afirmações?

Dê o primeiro passo e venha transformar essas afirmações noutras mais adaptativas que levem a uma vida mais prazerosa, com significado e propósito. Sim, é possível fazê-lo com a Psicoterapia EMDR e também com a hipnoterapia.

Seguem-se ainda mais pensamentos que se transformam no decurso do processo psicoterapêutico:

Eu estou sem saúde para sempre;

Posso ser uma pessoa saudável.

Eu mereço morrer; Eu mereço viver. Eu mereço ser infeliz; Eu mereço ser feliz. Eu não consigo amar; Eu sou capaz de amar. Eu não mereço o amor; Eu mereço o amor. Eu não mereço…; Eu mereço… Eu não sou bom o suficiente; Eu sou bom o suficiente. Eu não sou capaz de aprender; Eu sou capaz de aprender. Eu não sou digno de ser amado; Eu sou digno de ser amado.

Transforme a ruminação escura numa “ruminação” positiva

Muitos dos nossos pacientes chegam com a cognição negativa “Eu não sou inteligente o suficiente” para chegarem a “Eu sou inteligente o suficiente!”

Outros pensamentos negativos que se transformam:

Eu não sou nada. Tenho valor.

Eu só mereço coisas más;

Mereço coisas boas.

Eu sou feio; Sou atraente o suficiente.

Eu sou insignificante; Tenho importância.

Eu sou péssimo; Estou bem tal como sou.

Eu sou um fraco, não consigo dizer não; Sou assertivo o suficiente.

Eu sou uma deceção; Estou bem assim.

Eu sou uma pessoa má; Sou uma pessoa boa.

Eu sou uma vergonha; Tenho orgulho em mim.

O meu corpo é horrível; Tenho um corpo é normal

Marcar consulta? Faça-o aqui