Crenças limitantes, liberte-se delas e alcance os seus objetivos

O que são crenças limitantes?

Crenças limitantes são pensamentos negativos que temos sobre nós próprios. E também sobre o mundo à nossa volta. São julgamentos que nos impedem de alcançar os nossos objetivos.

De facto, podem ser conscientes ou inconscientes. Na verdade, podem ser muito poderosas porque influenciam a maneira como interpretamos e enfrentamos os desafios do dia a dia.

Alguns exemplos de crenças negativas trabalhadas com terapeutas EMDR devidamente credenciados:

“Eu não sou bom o suficiente”,

“Eu nunca vou conseguir alcançar os meus objetivos”,

“As coisas nunca correm bem para mim” e

“Eu não mereço o sucesso”.

Como identificar as suas próprias crenças limitantes?

Para identificar essas crenças, é importante observar as suas atitudes e comportamentos.

Pergunte a si mesmo:

Quando estou a enfrentar um desafio ou uma situação difícil, o que penso sobre mim mesmo?

Qual é a primeira coisa que penso quando estou prestes a fazer algo de novo ou a tentar algo diferente?

Quais são os padrões que vejo nas minhas escolhas e decisões?

Também pode ser útil observar como reage quando as coisas não correm como planeado. Realmente, se tende a culpar-se ou a colocar a culpa nas outras pessoas ou circunstâncias, isso pode ser um sinal. Sim, um sinal de que tem uma crença limitante subjacente. Por exemplo, de que não é capaz ou merecedor de sucesso.

Outra maneira de identificar as suas crenças distorcidas é conversar com amigos, familiares. No entanto, também é fundamental, muitas vezes, consultar um terapeuta. Com ele vai analisar os padrões que percebe na sua vida.

Como mudar estas suas crenças limitantes distorcidas?

Mudar crenças negativas cristalizadas é um processo desafiador. Realmente é, mas é possível. Algumas maneiras de trabalhar nessas suas crenças incluem:

Identificar e questionar as suas crenças limitantes:

Pergunte a si mesmo se a sua crença é realmente verdadeira e se é útil para si.

Procurar evidências que desafiam as suas crenças:

Procure exemplos de vezes em que a sua crença não se aplicou ou foi ultrapassada.

Reavaliar as suas crenças erróneas:

Em vez de pensar “Eu não sou bom o suficiente”, tente ressignificar a crença para “Estou a aprender e a melhorar constantemente”.

Enfrentar as suas crenças limitantes:

Enfrente situações que desafiam as suas crenças limitantes, mesmo que seja difícil no início. Isso pode ajudá-lo a ver que a crença não é verdadeira e a mudá-la aos poucos.

Pratique a gratidão:

Realmente, ter uma atitude de gratidão pode ajudá-lo a ver as coisas de uma perspetiva diferente e a mudar as suas crenças negativas.

E procure, de facto, ajuda profissional

De facto, se você está a ter dificuldade em mudar as suas crenças limitantes por conta própria, pode ser útil procurar ajuda. Sim, de um terapeuta ou outro profissional de saúde mental. Estes, na verdade, podem ajudá-lo a identificar as suas crenças limitantes. E, assim, trabalhar em conjunto para as mudar.

Em resumo, crenças limitantes são pensamentos negativos

Sim, que nos impedem de alcançar os nossos objetivos. Estas crenças podem ser difíceis de mudar. Mas é possível trabalhar para as mudar. E libertar-se da sua influência nefasta.

Reiterando, algumas maneiras de fazer isso incluem identificar e questionar as crenças limitantes:

  • Procurar evidências que as desafiam
  • Reavaliar as crenças
  • Enfrentar situações que as desafiam
  • Procurar ajuda profissional, se necessário.
  • Com um pouco de esforço e determinação, é possível libertar-se das suas crenças limitantes e alcançar os seus objetivos.