Como manter relacionamento saudável: comunicação

Como manter relacionamento saudável, é a Ordem dos Psicólogos Portugueses que alerta: a comunicação é fundamental! Realmente, segundo a OPP, casais saudáveis conversam no mínimo cinco horas por semana. E será este investimento na relação que contribui para a saúde física e psicológica, felicidade e bem-estar do casal.

Dizer claramente o que se pensa e o que se sente

De facto, para que a comunicação seja eficaz, é importante dizer-se claramente o que se pensa e o que se sente, o que se quer e o que se precisa. Ou seja, não se deve esperar que o outro adivinhe ou faça uma leitura da mente.

Como manter relacionamento saudável – converse além dos temas do dia a dia

Para além dos temas normais do dia a dia, como os filhos ou as tarefas domésticas, estas conversas devem incluir outros temas. Sim, ouvir é a palavra de destaque e é, realmente, muito importante incluir temas que interessem a ambos e que permitam descobrir mais sobre o parceiro/a.

Como manter relacionamento saudável: Elogiar, agradecer e pedir desculpa

Fala-se muito da correria dos dias… Pois, mas não se podem descurar outros aspetos importantes, como elogiar, agradecer e pedir desculpa. Manter a relação interessante e cultivar interesses comuns também são fundamentais. Além disso, é importante cuidar de si próprio e ter tempo para a intimidade.

Diferenças entre relações saudáveis, não saudáveis e abusivas

As diferenças entre relações saudáveis e não saudáveis podem parecer óbvias, mas é importante saber reconhecê-las. A confiança e apoio mútuos, o respeito e a honestidade, a boa vontade para negociar e resolver conflitos, momentos de intimidade frequentes, outras relações com amigos e familiares e prazer em passar tempo juntos são, de facto, características de uma relação saudável.

Como manter relacionamento saudável: resolva conflitos em equipa

Nenhuma relação está livre de problemas, é certo, mas não se deve esperar até que surjam os sinais de rutura para a tentar melhorar. Os altos e baixos são inevitáveis, sim, e ultrapassá-los pode ser um desafio. Mas é muito importante não ignorar os problemas e enfrentá-los como uma equipa. Muitas vezes, sem dúvida, para se resolverem conflitos, deve-se escolher a altura certa, ouvir o ponto de vista do outro e procurar ceder em determinados pontos.

Sinais de uma relação abusiva e violenta

É possível que se esteja perante uma relação abusiva e violenta. Tentar controlar o parceiro/a, fazê-lo sentir-se mal, inútil, sem valor, criticar os seus amigos e ser possessivo e ciumento, ter medo do temperamento e do humor do/a parceiro/a, gritar, empurrar, bater, dar murros ou atirar objetos, ameaçar, magoar ou mag…oar a sua família e animais, forçar o outro a ter relações sexuais são sinais claros de uma relação abusiva e violenta.

É aqui que a Ordem dos Psicólogos destaca a importância de se procurar ajuda em situações como estas. Sim, se se está constantemente a discutir os mesmos assuntos sem chegar a uma conclusão ou se sente infeliz com a sua relação, um psicólogo pode ajudar nestas situações.

Como manter relacionamento saudável: terapia de casal é uma opção

Quando um casal enfrenta dificuldades para se comunicar, resolver conflitos ou manter a relação saudável, a terapia de casal pode ser uma opção para ajudar a superar esses desafios. A terapia de casal envolve sessões com um terapeuta treinado para trabalhar com casais e ajudá-los a desenvolver habilidades de comunicação, melhorar o entendimento mútuo e fortalecer o relacionamento.

Durante as sessões de terapia, o casal aprende a expressar os seus pensamentos e sentimentos de maneira construtiva e a ouvir ativamente o outro. O terapeuta também ajuda o casal a identificar padrões de comportamento disfuncionais e a desenvolver estratégias para os mudar.

Como manter relacionamento saudável: mais investimento na relação

De facto, investir em uma relação saudável requer tempo e esforço, mas é um investimento valioso que pode trazer felicidade, bem-estar e benefícios para a saúde física e mental. Comunicar claramente, mostrar apreço, cuidar de si próprio e dedicar tempo à intimidade são alguns dos ingredientes necessários para manter um relacionamento saudável.

Quando um casal enfrenta dificuldades para manter a relação saudável, a terapia de casal pode ser uma opção útil para ajudar a superar esses desafios. E, em casos de relacionamentos abusivos e violentos, é essencial procurar ajuda profissional para garantir a segurança e o bem-estar das pessoas envolvidas.

Conjunto de dicas para manter um relacionamento saudável e maduro:

Amor e admiração:

O amor é uma das fundações de uma relação saudável. A paixão aparece e desaparece, mas o amor e o carinho continuam, e a admiração é fundamental. Se não admiramos a outra pessoa, perdemos o interesse. É por isso que as relações superficiais costumam fracassar.

Respeito:

Esta palavra está presente quando falamos das bases de um relacionamento saudável. E não é necessário estar de acordo em tudo com alguém para respeitar essa pessoa. Isso não significa que um casal não pode discutir. Mas sim que não deve perder o respeito pela outra pessoa, dialogando sempre.

Diálogo:

Não é possível falar em como ter um relacionamento saudável, sem falar no diálogo. Para manter um relacionamento, é necessário falar-se sobre os problemas que vão surgindo na relação. E a atitude é fundamental nessas conversas. Tal como a forma na qual se transmite a mensagem. E também a forma de a receber.

Confiança:

A confiança melhora o conhecimento do outro. E também melhora o diálogo e oferece segurança. Se não existe confiança, é possível que surjam ciúmes, medos e distanciamento.

Liberdade e independência:

Os membros do casal são livres e devem sentir-se livres. Possuem liberdade para escolher estar num relacionamento. E também para tomarem as suas próprias decisões. A dependência do/a parceiro/a ou ter que pedir autorização e aprovação eliminam a liberdade. E impedem-nos de serem quem verdadeiramente são. Portanto, conservar o próprio espaço, objetivos individuais, sonhos e opiniões é fundamental…