Lidar com o luto: algumas dicas e exercícios

Saiba o que é o luto e como se manifesta

É normal sentir tristeza, zanga, raiva, culpa ou outras emoções após a perda de um ente querido.

O processo de luto tem a ver com o modo como as pessoas lidam com a perda e pode incluir várias etapas, como negação, raiva, negociação, depressão e aceitação. Cada pessoa passa por essas etapas de maneira diferente e num ritmo diferente.

Encontre apoio e modos saudáveis de lidar com o luto

É importante dar tempo para sentir e expressar emoções, mas também é importante encontrar maneiras saudáveis de lidar com elas.

Tem muita importância falar-se sobre os sentimentos com amigos e familiares ou participar em grupos de apoio com pessoas que estão a passar por perdas semelhantes.

Homenageie e lembre o ente querido perdido

É relevante lembrar a pessoa que foi perdida e homenageá-la. E honrar a memória do ente querido enquanto se segue em frente com a vida.

É bom manter a conexão com as lembranças positivas e continuarem-se a praticar atividades que eram importantes para o ente querido ou que o ajudavam a sentir-se mais próximo dele.

É natural sentir-se sobrecarregado num processo de luto

Sim, e triste depois de perder alguém que se ama. É, pois, importante ser-se compassivo durante o processo de luto.

É fundamental perceber-se que não há um tempo certo para superar uma perda.  E cada pessoa vai lidar com o luto de maneira diferente.

Faça este exercício regularmente para melhor lidar com o luto

Siga estas instruções:

Comece por relaxar

Feche os olhos e respire profundamente algumas vezes, concentrando-se apenas na respiração. Enquanto respira, sinta o ar a entrar e a sair pelo seu nariz e pela sua boca. Sinta o ar a preencher os seus pulmões e depois a sair novamente.

Agora, visualize um lugar que lhe traga paz e tranquilidade

Pode ser um lugar real ou imaginário, o que importa é o que essa imagem lhe traz de positivo. Visualize o lugar em detalhes, sinta o sol ou a brisa no rosto, ouça os sons ao seu redor. Deixe-se mergulhar nesse lugar, permitindo-se sentir a tranquilidade e a paz que lhe traz.

Agora, imagine uma linda escada para baixo. Visualize cada degrau da escada e sinta-se seguro e confortável ao descer. Conforme desce, sinta o ar ficar mais agradável, veja uma luz mais brilhante. Sinta o peso das preocupações e dos problemas começar a desaparecer.

Chegado ao fundo da escada, visualize uma porta

Abra a porta e entre num quarto acolhedor, iluminado por uma luz suave. Visualize uma cadeira confortável no centro do quarto e sente-se nela. Deixe-se relaxar e mergulhar ainda mais profundamente na tranquilidade desse lugar.

Agora, imagine uma versão mais velha e mais sábia de si mesmo, sentada ao seu lado. Essa versão mais velha é uma representação da sabedoria e da experiência que você já acumulou até hoje. Ela pode dar-lhe conselhos, orientação, ajudando-o a encontrar soluções para os problemas que você enfrenta. Converse com essa versão mais velha e ouça o que ela tem a dizer. Sinta-se seguro e confortável ao fazer isso.

Quando se sentir preparado abra os olhos

Volte a abrir os olhos e lembre-se das sensações de paz e tranquilidade que sentiu durante o exercício. Lembre-se de que pode voltar a esse lugar interior quando precisar de orientação ou de um momento de paz.

Reflita sobre o que a versão mais velha e mais sábia de si mesmo lhe disse. Pergunte-se o que aprendeu com esta conversa e como pode aplicar essas aprendizagens na sua vida.

Outro exercício para trabalhar o luto

Usando a técnica EFT profira a seguinte frase:

“Mesmo que eu sinta muita tristeza por ter perdido o meu ente querido, eu permito-me sentir essa tristeza e posso amar-me e aceitar-me incondicionalmente”.

Pode usar, se preferir, em vez de uma afirmação, uma “pergunta milagre”: “Mesmo que eu sinta muita tristeza por ter perdido o meu ente querido, o que é que eu posso aprender com esta situação e como é que ela me pode ajudar a tornar-me uma pessoa melhor?”.

Pratique o EFT por conta própria e observe como isso o ajuda a lidar com o sofrimento e a libertar-se de emoções negativas relacionadas com a perda do seu ente querido.