Você sente um vazio existencial, talvez falte algo na sua vida!

Talvez esteja numa altura da sua vida em que sente um um vazio existencial…. Está, talvez, a começar a fazer um balanço da sua vida… Talvez se interrogue frequentemente…

Afinal, esta vida é muito curta! Pois é! E você talvez não tenha um propósito para a sua vida…

Talvez você ande com o tal vazio existencial…

Depende de pessoa para pessoa, mas, geralmente, é numa fase mais adulta que isso acontece. Realmente, poderá andar a interrogar-se sobre o sentido para a sua vida.

De facto, nem toda a gente consegue responder a esta simples pergunta: “Qual é o meu propósito de vida?” No seu caso, consegue responder rapidamente? Sabe qual é o seu propósito de vida? Sabe qual é o caminho a seguir?

Pois, se calhar, sente falta de motivação… percorrer o caminho, para quê? Sente, talvez, um vazio existencial…. Pode sentir, tal como muita gente, que a sua vida está sem sentido.

Você não sabe como encontrar o seu propósito de vida

Sim, pode encontrar em si as motivações que vão dar um propósito à sua vida. Há técnicas para isso. E com essas técnicas e metodologias pode acabar com esse seu vazio existencial,

Talvez ande com um sentimento de apatia. Não percebe a origem desse sentimento. Realmente, pode não ter uma origem definida. De facto, às vezes, é difícil identificar os motivos para tal.

Outras vezes conseguem identificar-se várias origens…

Sente um vazio e não percebe porque é que o tem

As origens do vazio existencial podem estar em acontecimentos negativos marcantes. Podem ser, por exemplo, perdas de entes queridos.

De facto, esse tipo de acontecimentos pode levar a um vazio que pode perdurar no tempo. É claro que acabará por se extinguir se tudo correr na “normalidade”.  Só que nem sempre corre…

Muitas vezes, a sensação de vazio aparece sem estar ligada a nada em especial. E neste caso a pessoa poderá dizer apenas: “Não vejo sentido nesta vida, e não sei o porquê de tal!” Será o seu caso? Será que você se interroga: “O que é que eu ando a fazer aqui, qual é, afinal, o meu propósito de vida?”

Sabe que vazio existencial não tem a ver com questões materiais, não é?

Há pessoas a quem não falta, aparentemente, nada. Pode ser o seu caso: tem uma boa profissão, ganha bem, tem uma família equilibrada, muitos amigos… Mas sente que a sua vida está incompleta!

Será como que um vazio espiritual? Será como que uma falta de alma?… Você pode achar que é outra coisa… De facto, cada pessoa exprime, ou não exprime, à sua maneira esse tal vazio…

É possível, sim, ultrapassar o seu vazio existencial!

Talvez você considere que nada há a fazer. Mas, por vezes, tem esperança… Sim, faz bem, porque, de facto, pode, dar a volta a volta a essa situação.

Você sabe racionalmente que a vida é demasiado curta. Sabe que, portanto, tem que dar passos para pôr termo a isso. Mas não tem dado…

Sabe que um desses passos pode ser marcar uma consulta para receber ajuda psicológica. Você já ouviu falar que numa consulta psicológica pode encontrar o modo de se conhecer melhor a si próprio, ou a si própria.

Sim, é isso, perceba que num espaço psicoterapêutico pode entender melhor o que sente, pode entender melhor as suas emoções.

Marque um atendimento psicológico

É o que fazemos, na verdade, na PSICOVIAS. Podemos-lhe, de facto, criar e proporcionar condições para que aprofunde o seu autoconhecimento.

Connosco poderá ficar a conhecer melhor a pessoa que é. E você poderá, assim, ficar a saber qual é o sentido que deve dar à sua existência.

Com efeito, desenvolvemos sessões de psicoterapia nas quais irá encontrar o seu propósito de vida, “a sua felicidade”!

Você pode definir o seu propósito de vida 

Talvez o seu propósito de vida afinal seja uma “coisa simples”: ser o mais feliz possível!

Só que poderá também passar por essa sua felicidade contribuir para a felicidade da sua família. E estender-se aos seus amigos, e também a outras pessoas que não conheça tão bem… E por aí fora, até para aqueles que não conhece…, por ondas, até chegar a toda a humanidade…

O seu propósito de vida pode ser parecido com este, pode ser diferente, mas terá um certamente…

Você faz muitas perguntas no seu vazio existencial

 Você poderá então andar com a sensação de que é uma pessoa incompleta. E não aceita isso, não sabe como lidar com isso…

Realmente, você sabe o que fazer se, por exemplo, tiver fome. Sabe o que fazer quando sente um cansaço físico. Quando se sente um pouco triste, também sabe que se receber um pouco de afeto ficará melhor.

Mas não sabe o que fazer quando o desconforto e o sofrimento tem a ver com o tal vazio existencial… O que fazer? Não sabe, não é? Apenas saberá que sente uma espécie de aperto no peito ou outros sintomas físicos equiparados.

Se calhar, começou a sentir isso tudo quando não estava à espera. Sim, apanha muita gente que está desprevenida. Pode surgir de repente. Num dia em que se encontrava sozinho. Pode até surgir num dia em que estava acompanhado, de férias…

Fazem-se perguntas às quais não se sabe responder…

Sabe que faz bem aceitar o seu vazio existencial?

Realmente, o que predomina é o sentimento de não se perceber o que se está a fazer nesta vida. Há pessoa que perguntam: “Mas, afinal, quem sou eu?” Outras: “Porque que é que, afinal, estou neste mundo?” Ora, isso é bastante comum, só que não estamos preparados para saber viver com essas interrogações.

E como não estamos preparados, fugimos desse vazio com respostas menos acertadas.

Talvez seja o seu caso, você refugia-se nos prazeres ma instantâneos. E esse prazeres poderão passar por um consumismo exacerbado. Poderão passar pelo tempo exagerado nas redes sociais, com a postagem de conteúdos para o ego. Em busca de likes e mais likes que lhe possam levantar  o ego, que lhe elevem a sua autoestima.

Muitas pessoas fogem do vazio existencial para o álcool, para o tabaco, para o açúcar, para as gorduras, para os vícios, para as adições… E fogem passando a ações exageradas, tudo em prol de uma fuga em relação ao seu próprio interior…

Só que o vazio está sempre à espreita… Portanto, reconheça, valide que ele está aí consigo… Se calhar a fuga não será a melhor solução…

Você não sabe de onde vem o seu vazio existencial…

Você terá a sensação de que a sua vida não tem um propósito. Você começou a achar que afinal a vida é só levantar-se, trabalhar e deitar-se. Também comer e beber. Inclui, igualmente, estudar, trabalhar, pagar contas. Vai tendo também momentos de prazer. Mas dá-se conta que está a envelhecer.

É a rotina instalada.

Você percebe que não entende o seu papel dentro da sociedade. O mundo está confuso. Talvez você sinta que não pertence a nada… Terá, talvez, aquela sensação que não tem o seu lugar no mundo. Parece que tem poder, mas, afinal, acaba por concluir que não e tudo isso leva a um desconforto, a sofrimento psicológico…

E lá vêm as incertezas sobre a vida e o tal vazio existencial. De onde vem ele?

Não conseguimos controlar a maior parte das “coisas”

Você pode, então, a andar em busca do entendimento sobre a vida.  Só que encontra mais perguntas do que respostas. Enfim, nesse caso, alegre-se, você está no caminho certo… na verdade, continua muito acertada aquela frase “Quanto mais sei, mais sei que nada sei!”

Realmente, você não tem controlo sobre muitos dos acontecimentos da sua vida. E isso dá-lhe a sensação de vazio existencial…  Não tem respostas e portanto, a sua vida está sempre em aberto…, numa abertura para um vazio… Parece-lhe, pois, que a sua vida não lhe faz sentido algum..

Você pode aceitar mesmo o seu vazio existencial!

Sim, a vida é isto, portanto talvez possamos aceitá-la assim. Não se trata, porém, de resignação… Entenda-a antes como uma oportunidade de aceitação em relação àquilo em que não pode intervir… Mas há muitas áreas em que pode intervir. Uma delas é a área do seu interior!

Não fuja pois do seu interior. É aí que poderá atuar. Aceite os seus medos! Contacte com as suas emoções! Respeite o seu vazio existencial! Conheça-o! Tome contacto com essa sensação de vazio. Respeite-a! Observe-a! Sem julgamentos. Não fuja dela! Você tem uma natureza humana!

Marque consulta para descobrir o seu propósito de vida

Realmente, é certo, nem todas as perguntas têm resposta. Mas você pode encontrar muitas para o seu vazio existencial.

Chegou, talvez, a hora de querer descobrir o seu propósito de vida, a sua missão… Então marque uma consulta!

Nós estamos aqui para o fazermos juntos, em parceria consigo. Iremos percorrer um caminho que leve a que a sua vida possa fluir de modo mais harmonioso! A um caminho mais feliz, para que não haja um vazio na sua existência.

Estamos disponíveis para si, nos seguintes locais, datas e horas…

× Marque consulta por WhatsApp aqui!